Embriagado, prefeito de São João do Caru desrespeita população presente no São João da Cidade

O prefeito de São João do Caru, Bruno Cardoso (Republicanos), protagonizou uma cena lamentável durante o festejo de São João da Cidade.

Completamente embriagado, Peteca, como é conhecido na cidade, subiu no palco principal do evento, pegou o microfone e proferiu diversas palavras de baixo calão, desrespeitando os presentes, além de insinuações descabidas.

 

Carlos Brandão retoma o governo inaugurando várias obras

O governador Carlos Brandão (PSB) reassume hoje (01) o comando do Palácio dos Leões. Na tarde de ontem (30), Brandão anunciou que recebeu alta médica após se submeter a um procedimento cirúrgico na cidade de São Paulo para retirada de um cisto no rim.

Ainda nesta sexta-feira, o governador irá cumprir a extensa agenda de inaugurações de obras e entregas de serviços.

Confira a agenda de Carlos Brandão:

16h

Cerimônia de entrega de cartões para pagamento de bolsa a 2.000 participantes do Programa Jovem Ambiental da Região Metropolitana de São Luís.

Local: Parque do Rangedor
Assinatura do decreto-Lei Fundo Estadual da juventude
Assinatura de Ordens de Serviços dos Equipamentos Públicos no âmbito do Termo de Ajustamento de Conduta.

16h30

Cerimônia de entrega da segunda etapa do Hospital da Ilha.

Local: Avenida São Luís Rei de França, 10913, bairro Turu

18h

Cerimônia de entrega da primeira Agência Previdenciária do Estado e da nova sede do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão. Local: Av. São Luís Rei de França, nº 453 – Jardim Eldorado/Turu, na esquina com a rua Barão de Grajaú.

18h30

Cerimônia de Inauguração da Praça da Família – Praça Duque de Caxias

Local: Avenida São Marçal – João Paulo

 

Cadê o dinheiro? Após Weverton Rocha afirmar que conseguiu R$ 7 milhões para Imperatriz, secretário afirma que não tem dinheiro na prefeitura

Uma obra que seria realizada na Avenida Santa Luzia pelo prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (União Brasil), está paralisada, porque segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Fábio Hernandez não existem recursos creditados na conta da prefeitura.

De acordo com informações, recentemente o deputado Juscelino Filho e o senador Weverton Rocha (PDT) visitaram o local e afirmaram que tinha alocado verbas no valor de R$ 7 milhões e que parte desse dinheiro poderia ser investido na obra. Na ocasião, Weverton Rocha teria garantido que os serviços iniciariam em breve.

Chamado na Tribuna da Câmara Municipal de Imperatriz para prestar esclarecimento sobre o abandono da obra, o secretario Fabio Hernandez anunciou que se os serviços forem realizados, serão com recursos próprios.

Lahesio lamenta apoio de Bolsonaro ao neo-bolsonarista Weverton Rocha

Em recente entrevista no interior do estado, o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim (PSC), voltou a ser questionado se seria o candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL), no Maranhão.

Lahesio comentou que gostaria de contar com o apoio de Bolsonaro, no entanto, afirmou que o PL está na mão do neo-bolsonarista Weverton Rocha, possível candidato do presidente.

“Infelizmente eu não posso responder. Só quem pode dizer isso é ele. Eu posso responder por mim, por ele eu não posso. Eu tenho visto que o PL tá na mão de outro candidato aqui e eu acho que ele não vai dar essa declaração. Quem dera eu pudesse ser o candidato, mas infelizmente, eu acho que ele não tem essas pretensões aqui no estado do Maranhão”, lamentou Bonfim.

Apesar de ser “apunhalado” por Weverton Rocha (PDT), Bonfim declarou que vai manter a sua essência e votar em Bolsonaro.

“A minha essência é conservadora. Eu respeito você que vai votar no Lula, o outro que vai votar no Doria, no Ciro, em que quiser. Eu vou votar no Bolsonaro”, declarou.

Brandão recebe alta médica e chega amanhã ao Maranhão

A informação veio por meio das suas redes sociais. O governador Carlos Brandão (PSB) anunciou que recebeu alta médica agora a tarde e que mais tarde concederá uma entrevista à TV Mirante onde dará mais detalhes sobre o tema.

“Boa tarde! Recebi alta médica e amanhã estarei de volta ao Maranhão. Logo mais, concedo entrevista à Mirante para detalhar o tema. Sugiro que acompanhem. Um forte abraço a até breve, com a graça de Deus”, publicou.

STF decreta sigilo em inquérito que avalia suposta interferência de Bolsonaro em investigação do MEC

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu decretar sigilo no inquérito que apura suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na investigação de de corrupção no Ministério da Educação.

Agora, a ministra Cármen Lúcia, que é relatora, deve pedir uma manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre o caso.

O caso foi devolvido da Justiça Federal para o STF após a Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) apontarem indícios de que o presidente Jair Bolsonaro pode ter atuado para atrapalhar as investigações. Segundo o MPF, há indícios de que Bolsonaro alertou o ex-ministro Milton Ribeiro, que é investigado, de que ele poderia ser alvo de busca e apreensão.

Por causa do foro privilegiado do presidente Jair Bolsonaro, o Supremo terá que analisar se a investigação deve seguir no tribunal ou será devolvido para a primeira instância.

 

Roseana Sarney afirma que tendência do MDB é apoiar o governador Carlos Brandão

A ex-governadora do Maranhão e pré-candidata a deputada federal, Roseana Sarney (MDB), anunciou que a tendência da legenda é apoiar a reeleição do governador Carlos Brandão (PSB).

No entanto, Roseana ressaltou que o MDB deve bater o martelo sobre seus candidatos na disputa majoritária até as convenções partidárias, no fim de julho.

“Há uma tendência do partido, veja bem, não é uma tendência minha, em acompanhar o governador Brandão para a sua reeleição. Não está decidido, vamos fazer outras reuniões. Até as convenções estaremos em debate dentro do partido para tomarmos um posicionamento”, disse a Guerreira.

Roseana destacou, ainda, que o objetivo do MDB é eleger o maior número de deputados federais e estaduais. “Estamos atrás dessa nossa eleição para que a gente tenha uma representação bastante expressiva na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa”, declarou.

 

Governador Carlos Brandão deve reassumir o governo na sexta-feira (01)

O governador Carlos Brandão (PSB) deve reassumir o comando do Governo do Estado do Maranhão nesta sexta-feira (01).

A previsão é que Brandão receba alta médica nesta quinta-feira (30) e retorne ao Maranhão no dia seguinte no período da tarde. O retorno de Brandão ainda não foi confirmado oficialmente pelo governo estadual.

Segundo informações, o governador tem falado para aliados que não pedirá nova licença. A licença atual, de 10 dias, tem validade até esta quinta-feira, 30.

Prefeitos do PL vão aderindo ao projeto de reeleição do governador Carlos Brandão

Prefeitos do Partido Liberal (PL) não aderiram ao projeto do presidente Josimar Maranhãozinho em apoiar a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) ao Governo do Maranhão, e decidiram apoiar a reeleição do governador Carlos Brandão.

Nos últimos dias, o prefeito de Carolina, Erivelton, e o de São Bento, Dino Penha, anunciaram que vão seguir com o governador.

Erivelton afirmou que a parceria está fechada com Brandão e que “Carolina irá avançar muito mais.”

Já Dino Penha, em entrevista à TV São Bento, declarou: “O meu candidato a governador é Carlos Brandão, que possamos ganhar essa eleição e que o Maranhão seja um estado com muito sucesso.”

Os dois prefeitos do PL se juntam a outros integrantes da legenda que já declaram apoio a Brandão, são eles: Rigo Teles de Barra do Corda, Eudes Barros de Raposa, Daniel Castro de Nova Iorque e Nilsilene de Alto Alegre do Maranhão.

Além deles, o ex-prefeito de Barão de Grajaú, Gleydson Rezende, do PL e o Presidente do PL em Peritoró, Padre Jozias, firmaram apoio a Carlos Brandão.

Imperatriz: STJ nega habeas corpus a empresário amigo de Assis Ramos, preso por corrupção

Detido há três meses sob acusação de envolvimento em esquemas de corrupção na Prefeitura Municipal de Imperatriz, o empresário Alan Jhones Oliveira Sousa teve um pedido de habeas corpus negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A defesa de Alan Jhones, que é amigo íntimo do prefeito Assis Ramos (União Brasil), solicitou a soltura do acusado alegando irregularidade na sua prisão preventiva.

Na época da prisão, Jhones estava nomeado como coordenador da Limpeza Pública na cidade.

A decisão monocrática foi confirmada pelo relator que indeferiu o habeas corpus, o ministro João Otávio de Noronha que considerou entre outros elementos, que “a matéria relativa aos fundamentos da prisão preventiva não foram apreciados pelas instâncias ordinárias.”

“Assim, o exame dessa questão pelo Superior Tribunal de Justiça ensejaria indevida supressão de instância,” afirmou o Ministro na decisão.

Ficou claro que houve por parte da defesa do acusado a tentativa de levar o caso para instâncias superiores sem passar pelos órgãos competentes no Maranhão.

Segundo informações, o Prefeito Assis Ramos teria ficado sabendo que amigos do réu Alan Jhones, estariam se organizando para viabilizar um advogado não ligado às estruturas de poder da prefeitura.

Assis teria procurado o empresário para acalmá-lo afirmando que em Brasília poderia resolver o problema e conseguir a soltura do empresário.