Alô, Ministério Público! Câmara de Ribamar realiza sessão secreta antes da reabertura oficial dos trabalhos

Pelo jeito, parece que o Ministério Público de São José de Ribamar não funciona mais.

Além de um suposto festival de nepotismo naquele poder, a presidente Francimar Jhacinto, mais conhecida como “Princesa do Mocotó”, realizou uma tal sessão secreta nas barbas do órgão fiscalizador.

Pior. Na dita sessão, convocada via WhtasApp, foram tomadas decisões cujos teores devem ter publicidade ampliada. Até Projeto de Lei foi aprovado às escondidas.

De fato, a Lei aprovada pelos novos vereadores, de nº 1.273/2021, revoga a lei 1.269/2020 que trata de um mimo absurdo do ex-prefeito derrotado para o ex-presidente daquele poder, também derrotado, Beto das Vilas, que autorizava o parcelamento e débito da dívida de quase R$ 3 milhões de parcelas vencidas do imposto de renda de 2015 a 2020.

Numa decisão justa, porém questionável, a dívida continuará em aberto e o legislativo deixará de pagar parcelas de aproximadamente R$ 50 mil por mês.

Deixe um comentário