Prado Carioca pega em fio pelado de novo e é preso tentando ferrar em nome de Weverton Rocha

Como das outras vezes, Carioca tentou aplicar mais um golpe em nome de outros

A Polícia Civil cumpriu nesta quinta-feira, 23, mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra Carlos Roberto Melo Prado, o Prado Carioca.

Ele é acusado de estelionato, após ter-se passado pelo senador Weverton Rocha (PDT) na tentativa de obter vantagem ilícita em um golpe contra a Embaixada da China no Brasil.

O suspeito, que foi preso num imóvel na Forquilha, onde foram encontrados vários aparelhos celulares, usou o WhatsApp para tentar atingir seu objetivo.

Além da embaixada chinesa, Prado Carioca também tentou tirar dinheiro da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Histórico

Em outros carnavais, Carioca foi preso usando o nome do empresário Fernando Sarney e até nomes de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Atualmente, a impressão que se tinha é que ele já havia se aposentado dessas atividades impolutas, mas pelo jeito, não.

Deixe um comentário