Diretor do Detran curte cruzeiro enquanto servidores ameaçam fazer greve a partir de hoje

Print do Insta de Francisco Nagib (editado para preservação de direito de imagem de pessoa não pública)

Às vésperas de ser guilhotinado do cargo, em meio à notícias de possível greve de servidores e enfrentando várias denúncias de improbidade administrativa, o diretor-geral do Detran-MA, Francisco Nagib (PDT), meio que resgatou aquele antigo hit “tô nem aí, tô nem aí”.

Passou praticamente o fim de semana todo postando fotos em suas redes sociais de um passeio num cruzeiro.

Claro, ninguém duvida do seu podrerio financeiro, fruto do lucro da empresa da família, e que ele tenha dinheiro para viajar até em um desses fogutes que dão da ré da Space-X do Elo Munsk ou na Blue Origin do Jeff Bezos.

Porém, na atual situação, não cai nada bem o “tô nem aí”. Chega a parecer um deboche.

A greve

Os servidores do Detran-MA deliberam hoje (08) em Assembleia Geral sobre a paralisação geral em todo o estado.

Segundo o Sindicato dos Servidores do Detran (Sinsdetran/MA), foram feitas várias tentativas de negociações com a diretoria do órgão, sem sucesso. Entre as reivindicações não atendidas pelo Detran estão a manutenção do auxílio-alimentação nos afastamentos legais, que, segundo a categoria, a gestão estadual está querendo retirar.

O Sindicato afirma que o gabinete do Diretor Geral é um verdadeiro comitê político e balcão de negócios eleitoreiros e que questões administrativas e de interesse dos servidores estão sendo sempre proteladas em detrimento dos assuntos políticos-partidários.

5 comentários em “Diretor do Detran curte cruzeiro enquanto servidores ameaçam fazer greve a partir de hoje”

  1. Infelizmente é lamentável a postura do diretor geral.O pior é que a sociedade pensa que os servidores do Detran também vivem numa boa,pois não conhece os bastidores.Culpa-os por lentidão no sistema(pra citar apenas um dos problemas,mas não sabe que não está sendo feito nenhum investimento para acompanhar o crescente número de acesso em razão da abertura de novos postos(visando outros interesses)sem se preocupar com a qualidade do serviço prestado.Já os servidores amargam 8 anos sem reajuste algum e ainda correm o risco de terem a retirada de alguns direitos.A greve infelizmente traz sérios transtornos à população,porém, diante do descaso e falta de vontade por parte da diretoria para discutir a situação,o que resta é a paralisação dos servidores para não só exigir o cumprimento de direitos ,mas melhorar a prestação dos serviços à sociedade que é tão vítima quanto os servidores.

    Responder
  2. É um verdadeiro oportunista. No popular, migueloso.
    Está fazendo politicagem no DETRAN para todo mundo ver.
    A Polícia Federal precisa fazer uma visitinha ao DETRAN.
    Daí, aproveita logo para ter uma conversinha com o diretor administrativo também.
    É a dupla dinâmica.
    O DETRAN não vai aguentar até abril.

    Responder
  3. O povo precisa usar os olhos para enxergar realmente.. saber discernir heróis de vilões. Alguns chegam a culpar os servidores do Detran pelo sistema decadente que deixa todos indignados. Não querem ver que o diretor nagib fica a fazer campanha política abrindo postos em diversos lugares e liberando acesso ao sistema troca de apoio político. Tornando a demanda insuportável para o sistema que já é falho, más que antes do nagib funcionava. E o povo culpa os servidores, que já estão há 8 anos com o salário congelados pelo governador flavio dino. Enquanto flavio dino gasta milhões em propaganda para se promover.

    Responder
  4. Pra ele tá bom demais.. Não sobrevive há 8 anos com um salário congelado, não é ameaçado por chefes e diretores, não é ele que tem que dizer para o usuário que o sistema está ineficiente. Assume o cargo pelo dinheiro que tem, grande parte desviado da prefeitura de Codó, faz do Detran um comitê eleitoral, enche de terceirizados e estagiários e debocha dos servidores…

    Responder

Deixe um comentário