ERRATA: Blog esclarece postagem sobre suposta prisão de Assis Ramos

O Blog do Matias Marinho vem a público esclarecer os fatos sobre a matéria “Pedida a prisão do prefeito de Imperatriz, um dos principais aliados do senador Weverton Rocha”

Por uma falha de interpretação, fomos induzidos ao erro quanto a afirmação. Desde já, deixamos claro que o nosso compromisso é com a verdade e assim nos manteremos durante toda a nossa vida profissional.

Quanto a matéria, esclarecemos que o pedido de prisão da SECCOR e do Ministério Público Estadual do Maranhão a 1º Vara Especial Colegiada dos Crimes Organizados, no FÓRUM de São Luís, foi direcionado a Alan Johnes Oliveira Sousa e não ao prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (União Brasil), como mencionado.

Assis Ramos não foi julgado e não teve nenhum pedido de prisão contra ele. A 1º Vara Especial Colegiada dos Crimes Organizados entendeu que não tem competência para processar ou julgamento do atual prefeito de Imperatriz. E direcionou a SECCOR e MPE a procurarem o Tribunal de Justiça, responsável por processar e julgar, originariamente, os prefeitos nos crimes comuns.

1 comentário em “ERRATA: Blog esclarece postagem sobre suposta prisão de Assis Ramos”

Deixe um comentário