Pílulas contra a desinformação: ler a notícia toda antes de repassar é dica para não transmitir Fake News

“Não julgue o livro pela capa! A desinformação pode aparecer em links para notícias com manchetes dramáticas, absurdas ou sensacionalistas. Não é raro que esses títulos sejam desmentidos por informações no texto das próprias matérias. Ler a íntegra é essencial”.

Um título atraente atrai a atenção das pessoas e, por isso, essa estratégia é usada por quem produz fake news. Recebeu um conteúdo que chamou atenção? Antes de passar adiante, leia todo o texto e verifique se as informações são verdadeiras, buscando como alguns veículos de comunicação já abordaram o mesmo conteúdo. Na dúvida, não compartilhe.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem trabalhado na orientação da população brasileira para que o processo eleitoral seja limpo e confiável.

 

1 comentário em “Pílulas contra a desinformação: ler a notícia toda antes de repassar é dica para não transmitir Fake News”

  1. Verdade, o ministro Fux está dando exemplo, colocando abaixo as fakes news petistas de que não houve roubalheira durante os governos petistas, fazendo um “mea culpa”. parabéns ministro.

    Responder

Deixe um comentário