Conselheiro do TCE cai em campo para manter a boquinha dos filhos na Câmara e Assembleia

Edmar Cutrim em visita aos “Caldas”, consolidando os votos para os filhotes Gil e Glalbert

Conhecido no meio político como um dos maiores operadores da política, o conselheiro e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Edmar Cutrim, vem aparecendo sistematicamente em municípios do Maranhão visitando bases eleitorais que votaram ou poderão votar nos seus filhos, Glalbert Cutrim (PDT) e Gil Cutrim (Republicanos).

Na última semana ele esteve em Cantanhede onde visitou diretamente lideranças indicadas pelo prefeito José Martinho, mais conhecido como Kabão.

Prestes a deixar o cargo de conselheiro, e “macaco velho”, como se diz na gíria política, Edmar Cutrim sabe da força que perderá com sua saída do TCE, além de ter a clara noção da vulnerabilidade da eleição dos dois filhos.

Em Cantanhede, o atual prefeito, que vive lidando com problemas de prestação de contas no TCE, garante que irá votar nos filhos do conselheiro. O problema é que para deputado federal, Kabão também promete votos para o deputado federal, Hildo Rocha (MDB).

Temendo, portanto, essa divisão do eleitorado de Kabão, Edmar Cutrim resolveu visitar diretamente as lideranças prometidas, como tem feito em outros municípios nos quais já identificou fragilidade de Gil e Glalbert Cutrim.

Próximo de deixar o TCE, Edmar Cutrim segue operando…

Depois do ‘imbróglio’ formado em torno da Concorrência Pública Nª 10/2021 aberta em abril deste ano pela Secretaria de Estado de Governo – SEGOV, (reveja aqui e aqui), uma verdadeira imoralidade toma conta da licitação após uma séria de decisões estapafúrdias do conselheiro e relator do processo Edmar Serra Cutrim.

Como já publicado por este blog, empresas licitantes denunciaram junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) supostas irregularidades na fase de habilitação do certame. As denuncias foram levadas à Corte no dia 1 de junho.

Menos de 24h após Reconhecimento da ação, Edmar determinou, no prazo de 2 dias, que o Secretário Diego Galdinho e o Pregoeiro e Presidente da Comissão de Licitação Daniel Maia Mendonça, apresentassem defesa sobre os fatos descritos na Representação formulada pela Ação Engenharia Ltda, e subquente a Qualitech Engenharia.

Depois de analisar as alegações de Galdinho e Mendonça sobre a inabilitação das duas licitantes, Edmar então emitiu nova decisão – no dia 9 de junho, determinado a imediata habilitação das empresas e continuidade do certame até abertura dos envelopes.

Continue lendo aqui