Brandão posta foto ao lado de Jackson Lago e agradece o apoio da família do ex-governador à sua reeleição

O governador Carlos Brandão (PSB) postou uma fotografia em suas redes sociais com o saudoso ex-governador Jackson Lago, falecido em 2011.

Na mensagem, Brandão recordou dos bons momentos ao lado do amigo que sempre defendeu as causas daqueles que mais precisavam e agradeceu o apoio da família Lago à sua reeleição em 2022.

“Sempre destinamos um lugar especial aos amigos com quem caminhamos em importantes batalhas. E o doutor Jackson Lago ocupa esse lugar especial para mim. Foi uma honra ter combatido o bom combate ao lado deste saudoso ex-governador, político que defendia as causas daqueles que mais precisavam. Hoje, sou grato por ter o apoio de familiares e pedetistas históricos, que ao lado do aguerrido Jackson, lutaram por um Maranhão melhor. Nesse #tbt, a lembrança: Jackson vive! Vamos em frente!”, publicou.

 

Barroso afirma que Forças Armadas são orientadas a atacar o processo eleitoral brasileiro

Durante participação por vídeo conferência no seminário promovido pela Universidade Hertie School, de Berlim, na Alemanha, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou hoje (24) que as Forças Armadas “estão sendo orientadas para atacar o processo eleitoral brasileiro e tentar desacreditá-lo”.

Barroso não citou quem está orientando as Forças Armadas contra o processo eleitoral. Entretanto, ele apontou que desde a redemocratização do país, “se teve uma instituição de onde não veio notícia ruim e que teve um comportamento exemplar, foram as Forças Armadas”.

De acordo com o ministro, os “ataques” ao processo eleitoral são totalmente infundados e fraudulentos.

TSE: É mentira que o aplicativo e-Título seja um espião

Em tempos de Fake News e Teoria da Conspiração, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em nota precisou constatar que é “falsa a afirmação de que o e-Título seria um aplicativo espião”. O boato estaria circulando em diversas redes sociais.

Na nota, o TSE destacou: “Importante lembrar que o e-Título, bem como outros aplicativos da Justiça Eleitoral, observa as diretrizes estabelecidas pela Lei Geral de Proteção de Dados no uso e armazenamento de informações de usuários”.

Ainda segundo o TSE, todas as autorizações necessárias para o acesso ao e-Título. A permissão para usar a geolocalização é necessária para o eleitor que deseja justificar o voto no dia da eleição. O acesso à lanterna do aparelho é necessário para a autenticação de documentos emitidos pela Justiça Eleitoral.

Entre as justificativas sobre as autorizações necessárias para o acesso ao e-Título, o TSE explicou que a permissão para usar a geolocalização é necessária para o eleitor que deseja justificar o voto no dia da eleição. O acesso à lanterna do aparelho é necessário para a autenticação de documentos emitidos pela Justiça Eleitoral.

O e-Título é um aplicativo lançado em 2017, quem objetiva possibilitar o acesso a serviços eleitorais de forma não presencial, como consultar o número do título e o local de votação, verificar a situação eleitoral, emitir certidões, justificar ausência às urnas, consultar e emitir guias para pagamentos de débitos eleitorais, entre outros.

Mata Roma: Prefeito pode ter o mandato cassado por “Café”, bolinhos e compra de votos

O chamado “Café do Besa”, instrumento de campanha utilizado pelo prefeito eleito de Mata Roma, Besaliel Albuquerque (PDT), deve acabar saindo muito mais caro do que o planejado.

Nesta terça-feira (29), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julga Ação de Investigação Eleitoral que pede a cassação do prefeito por abuso de poder econômico e político em 2020.

De acordo com a denúncia, nos cafés realizados durante a campanha eleitoral, o prefeito fazia “farta distribuição gratuita de alimentos como forma de atrair mais e mais pessoas e [assim] obter vantagens eleitorais”.

Além das provas constarem nas redes sociais do próprio candidato, várias testemunhas confirmaram o benefício. “Toda noite era café com bolo, refrigerante, banana…”, relata um eleitor.

Realizados em várias regiões da cidade, quase que diariamente, durante a campanha, o prefeito anunciava os locais das edições dos próximos eventos em suas redes sociais.

“E ontem nosso Café foi no Povoado bebedouro, é gratificante demais ser tão bem recebido por vocês”, postou o prefeito à época, já convidando para o próximo evento (veja no print acima).

P.S.: O julgamento no TRE foi adiado para o próximo dia 7 de abril.

Desarticulada, Paula Azevedo deve perder eleição na Câmara de Paço do Lumiar

Apesar de sair vitoriosa nas eleições de 15 de Novembro, a prefeita Paula Azevedo, está mais perdida do que “cachorro que cai de muda” com relação às eleições da mesa diretora da Câmara Municipal de Paço do Lumiar.

Desarticulada, nem os vereadores de sua base ela chamou para conversar sobre o pleito, que já movimenta, diariamente, do início da manhã à meia noite, as residências dos vereadores Inácio, Jorge Maru e Vanuza, que sonham com o comando do Parlamento Municipal Luminense.

Fernando Muniz, atual presidente, normalmente leva suas presas para restaurantes caríssimos na capital.

Já a prefeita reeleita, que continua alheia à política local, sempre levada por terceiros à reboque, tem deixado aliados a ver navios.

Prefeito eleito da Ilha aparece em vídeo recebendo dinheiro sujo de Josimar

Conforme revelou o blog do Kiel Martins, num dos vídeos de posse da Polícia Federal (PF), que mostra o deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL) entregando dinheiro em espécie a uma pessoa, o beneficiado seria um prefeito eleito da Ilha.

Especula-se que estariam de posse da PF seis vídeos, áudios e um calhamaço de fotos comprovando o esquema.

Alguém arrisca dizer de quem se trata esse prefeito eleito? Façam suas apostas!