Simplício dispara contra Weverton: “Só sabe fazer campanha, não sabe fazer gestão”

O pré-candidato ao Governo do Maranhão, Simplício Araújo (Solidariedade), subiu o tom em direção ao senador Weverton Rocha (PDT).

Para Simplício, os problemas do Maranhão precisam ser tratados com seriedade e não com autopromoção em megaeventos, com muitos parlamentares vêm fazendo.

“Quero que a população atente bem, pois muita gente que sumiu durante a pandemia agora volta e ainda se vangloria de estar fazendo megaeventos com apenas a política. Não é hora de política, é hora de mostrar resultados e através desses resultados mostrar caminhos para o desenvolvimento econômico e a geração de emprego aqui no Maranhão”, disse o pré-candidato.

Sem citar nomes, Simplício destacou que a maioria dos discursos de alguns parlamentares são retóricas de quem não tem trabalhado pelo estado e de que nada adianta falar em milhões de emendas que não solucionaram nenhum dos problemas no estado.

Nitroglicerina = Novos Irmãos de Tampinha + Ralos das Emendas + Quer Matar, É?

Novos Irmãos de Tampinha

1 – Como diriam os amigos blogueiros, agora lascou! A Polícia Federal começou a mostrar resultados da investigação que vem fazendo há tempos sobre emendas distribuídas a fulote por uma irmandade aos seus integrantes em prefeituras maranhenses.

A coluna recebeu a informação que é, de fato, só o começo dos resultados. A fulerminagem vem de muito longe, segundo as investigações.

Começou com um delator ‘tampinha’, denunciando os seus augozes de outrora, hoje ‘irmãos de sangue’. A Polícia Federal vai ter que fazer cela minúscula para abrigar essa categória de ser.

Ralos Das Emendas 

2 – Por falar em irmandade, os bastidores estão fervendo com relação ao epicentro da nova crise dos seus integrandes, daquela belíssima cidade dos ‘campos alagados’.

Tem gente da própria irmandade defendendo que o ‘afastado’ da gestão não morra sozinho e delate os reais caminhos das emendas, que com certeza não desceu apenas por um ralo.

Quer Matar, É?

3 – A coluna abre espaço em sua terceira ‘nitro’ para uma grave denúncia sobre a atuação do município de São José de Ribamar na pandemia do Novo Coronavírus, que agravou nos últimos dias.

Além da aglomeração nos postos de saúde, falta de instrumentos para testagem e outras desorganizações típicas da atual gestão, a atuação de um dos médicos de rede básica de saúde, se se avaliar bem, tá mais para condenar o paciente à morte do que propriamente curá-lo.

Mesmo com todas as descrições da gravidade do paciente, tempo de vírus no organismo, entre outros relatos, o médico passou apenas, pasmem, Lisador, Xarope e Vitamina C. O Print da receita [acima] fala por si só.

Ao relatar para outro médico a orientação do incauto, esse só não caiu porque estava sentado.