TSE: É mentira que o aplicativo e-Título seja um espião

Em tempos de Fake News e Teoria da Conspiração, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em nota precisou constatar que é “falsa a afirmação de que o e-Título seria um aplicativo espião”. O boato estaria circulando em diversas redes sociais.

Na nota, o TSE destacou: “Importante lembrar que o e-Título, bem como outros aplicativos da Justiça Eleitoral, observa as diretrizes estabelecidas pela Lei Geral de Proteção de Dados no uso e armazenamento de informações de usuários”.

Ainda segundo o TSE, todas as autorizações necessárias para o acesso ao e-Título. A permissão para usar a geolocalização é necessária para o eleitor que deseja justificar o voto no dia da eleição. O acesso à lanterna do aparelho é necessário para a autenticação de documentos emitidos pela Justiça Eleitoral.

Entre as justificativas sobre as autorizações necessárias para o acesso ao e-Título, o TSE explicou que a permissão para usar a geolocalização é necessária para o eleitor que deseja justificar o voto no dia da eleição. O acesso à lanterna do aparelho é necessário para a autenticação de documentos emitidos pela Justiça Eleitoral.

O e-Título é um aplicativo lançado em 2017, quem objetiva possibilitar o acesso a serviços eleitorais de forma não presencial, como consultar o número do título e o local de votação, verificar a situação eleitoral, emitir certidões, justificar ausência às urnas, consultar e emitir guias para pagamentos de débitos eleitorais, entre outros.

Disparos de robôs contra Brandão é denunciado à Polícia Federal

Desde a manhã de sábado (19) milhares de pessoas do Maranhão têm recebido ligações via celular tentando induzir o eleitor a acreditar que Weverton Rocha é candidato de Lula, e Carlos Brandão, de João Dória. A voz dos “disparos” é de robô.

Numa das perguntas, o robô pergunta: “você sabe que Carlos Brandão é candidato de Dória e de Sarney? Sim ou não?”. Na outra, indaga: “você sabe que Weverton é o candidato de Lula? Sim ou não?”.

A tática é suicida: se a PF descobrir o autor dessa fake news, a consequência é prisão imediata. A Polícia Federal e o Ministério Público Federal estão sendo acionados.

A nova legislação é rigorosíssima contra crimes dessa natureza, mas parece que os autores não estão preocupados.

Um conhecido “açodado”, como são chamados os defensores da pré-candidatura de Weverton Rocha, por exemplo, já é famoso por criar vários grupos de WhatsApp e disparar neles mensagens contra adversários via diferentes números.

Essa prática também foi denunciada à Polícia Federal.

 

Flávio Dino reage a fakenews sobre fechamento de posto da PRF em Peritoró

O governador Flávio Dino (PSB) reagiu duro contra fakenews espalhada nas redes sociais envolvendo seu nome.

“Enquanto eu trabalho, e muito, há uns bandidos espalhando que eu mandei fechar um posto da Polícia Rodoviária Federal [PRF]. Isto é, eu mandaria no Ministério da Justiça do atual Governo Federal. Amostra do nível de banditismo que vamos enfrentar na eleição de 2022”, reagiu. 

A reação do socialista refere-se a uma fekanews relacionada à apreensão de meio milhão de reais feita pela Polícia Federal no início da semana, cujo valor seria da mãe da deputada Daniela Tema. Em rataliação, Dino estaria fechando o posto da PRF, um absurdo sem tamanho haja vista a falta de competência legal do governador para  intervenção do tipo.

Segue a mensagem que está sendo espalhada, e que blog faz questão de reforçar que se trata, de fato, de uma fakenews:

“Urgente: Flávio Dino manda acabar com posto da PRF de Peritoró, O governador do estado do Maranhão manda acabar base da polícia rodoviária federal após uma equipe da PRF apreender um veículo com mais de meio milhão de reais que pertence a mãe da deputada federal Daniella Tema”.

 

 

Carlos Brandão é alvo de fakenews; confira as mentiras espalhadas por opositores

O vice-governador e pré-candidato ao Governo do Estado, Carlos Brandão (PSDB), tem sido alvo, nos últimos dias,  de uma campanha violenta de contrainformação e fakenews, capitaneada, em grande parte, pela mídia aliada ao senador Weverton Rocha (PDT).

Os últimos lances estão relacionados à reunião dos apoiadores da pré-candiatura do tucano, marcada para hoje à noite.

Primeiro, espalharam que aliados do vice-governador reuniriam 200 prefeitos nesse encontro. Mentiram! Não houve qualquer afirmação nesse sentido.

Hoje pela manhã, num artifício chamado truncagem (no banner acima), distribuiram em grupos de WhatsApp que Brandão irá distribuir cestas básicas na reunião organizada por esses apoiadores.

De novo, não só mentiram como cometem crime de fakenews.

Lamentável.

Intrépida produtora de fakenews, “Galera Açodada” reclama de vídeo que mostra sujeiras de Costa Rodrigues?

Como diriam alguns colegas blogueiros, “Agora Lascou”!

Famosa no meio jornalístico por ser considerada a maior produtora de notícias falsas e interpretações equivocadas para favorecer seus interesses, a “Galera Açodada” (como é chamada parte da turma defensora do senador Weverton Rocha, mais conhecido na mídia como “Costa Rodrigues”) começou a semana acusando torcedores do vice-governador Carlos Brandão de compartilhar, nas redes sociais, vídeo que pontua alguns dos principais atropelos do senador.

Normalmente patrocinados pela Assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão ou pela Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), blogs e perfis nas redes sociais, ligados a estas páginas, criam, diariamente, notícias falsas ou interpretações de fatos onde tentam prejudicar o vice-governador e, ao mesmo tempo, favorecer o senador.

A última investida da galera especializada em tentar assassinar a reputação do vice-governador Carlos Brandão está relacionada à sua viagem institucional a Porto Alegre (RS), onde participou da 44ª edição da Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários (Expointer).

No entanto, tentando “vender” imagem de moço de “Costa Rodrigues”, a “Galera Açodada” ficou irritadinha com o vídeo que ressalta atropelos do senador, alguns mais recentes e outros mais antigos, passando ao largo da sua ficha-corrida que inclui possíveis casos de malversações de recursos públicos, falhas em prestações de contas ou ausência delas, entre outros supostos crimes.

Abaixo, segue o vídeo alcançado pelo blog, via redes sociais, que, diga-se de passagem, comete apenas uma injustiça com o senador ao afirmar que ele seria ficha-suja, sendo que não há, até agora, condenação com trânsito em julgado.

Açodados seguem criando factoides para tentar prejudicar o vice-governador Carlos Brandão

“Açodados” usam o nome do próprio Flávio Dino para tenta vender especulação como verdade

Incrível como a turma dos chamados “açodados” insistem em querer tirar o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) do caminho deles.

Com a renúncia do conselheiro Nonato Lima, da presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE) ontem (14), e com a futura escolha do novo conselheiro em setembro, a partir da aposentadoria de Lago, os “açodados” voltaram a especular o nome do vice-governador para a vaga.

Pelo andar da carruagem, com as condições de temperatura e pressão até o momento, a vaga está garantida para o atual chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB). Há quem arrisque até a quantidade de votos certos na Assembleia, em favor da escolha de Tavares: 32.

Porém, não satisfeitos com a consolidação da pré-candidatura de Brandão ao Governo do Estado, em detrimento da campanha antecipada de Weverton Rocha, com uso e abuso de estruturas poderosas como a Assembleia Legislativa e Famem, por exemplo, os “açodados” intensificaram a especulação desde ontem, chegando, inclusive, a cogitar que Brandão seria indicado em setembro e não o chefe da Casa Civil.

A maioria das fakenews encomendadas, nesse sentido, seja no rádio, TV ou blog, ainda usa o nome de Flávio Dino, tentando insinuar que os factóides partem do próprio governador.

Mas, como mentira que tem perna curta, as fakenews seguem sendo desmascaradas da mesma forma.