Vizinhos de Weverton Rocha fogem pelo Rio Preguiça após operação da PF em Barreirinhas

Assustados, os vizinhos do senador Weverton Rocha (PDT) que moram em um condomínio de luxo na cidade de Barreirinhas, foram vistos empreendendo fuga pelo Rio Preguiça, por meio de lanchas e motos aquáticas, após a chegada de uma operação da Polícia Federal (PF) que apura suspeitas de fraudes em contratos da empreiteira Construservice com a Codevasf.

O condomínio abriga a mansão do empresário Eduardo DP e, segundo informações, foi preso temporariamente, apontado como sócio oculto da empreiteira investigada sob acusação de fraudes em licitação, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Prefeitura de Imperatriz é alvo de investigação que apura irregularidades em contrato de R$ 20,9 milhões

A Prefeitura de Imperatriz, comandada pelo prefeito Assis Ramos (União Brasil), é alvo de uma investigação do Ministério Público Estadual que apura supostas ilegalidades em licitação de R$ 20,9 milhões.

O contrato já havia sido alvo de Ação na 1ª Vara da Fazenda Pública de Imperatriz, que determinou a anulação dos atos administrativos a pedido da empresa Marauto Imports Ltda.

No processo, a Marauto Imports alega que apresentou todos os documentos necessários exigidos no edital de licitação para atestar sua qualificação econômico-financeira, mas foi impedida de participar do processo licitatório.

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Joaquim da Silva Filho, entendeu que houve irregularidade no procedimento e anulou a licitação.

O MP instaurou um inquérito civil para apurar o caso. O ex-secretário de Infraestrutura, Zigomar Costa Avelino Filho; o atual chefe da pasta, Fábio Hernandez de Oliveira Sousa e a empresa Engerfort Construtora e Terraplanagem são investigados.