Campanha promovida por artistas leva milhões de jovens a procurarem alistamento eleitoral

A Justiça Eleitoral anunciou que cresceu o registro de alistamento eleitorais de jovens para o pleito de 2022.

Segundo informações, entre janeiro e março, o Brasil ganhou 1.144.481 novos eleitores na faixa etária de 16 a 18 anos. Números expressivos se comparados com os de 2018 e 2014, em que foram emitidos 877.082 e 854.838 novos títulos, respectivamente.

Ainda segundo informações, os números subiram principalmente por conta de uma campanha de mobilização promovida pela Justiça Eleitoral nas redes sociais. Celebridades como Anitta, Zeca Pagodinho, Whindersson Nunes, Juliette e internacionais, como o ator norte-americano Mark Ruffalo, participaram do chamamento.

Partidos têm até 18 de abril para enviar lista de filiados à Justiça Eleitoral

Os partidos políticos interessados em participar das eleições de 2022 têm até o dia 18 de abril para enviar à Justiça Eleitoral a lista atualizada dos seus filiados.

Para a atualização, as legendas devem acessar o Sistema de Filiação Partidária (Filia), e preencher o cadastro com o nome do filiado, a data de filiação e o número do título de eleitor.

Lembrando que foi encerrado no dia 02 de abril o prazo de inscrição para filiados interessados em concorrer a um cargo público nas eleições de outubro.

O primeiro turno das Eleições de 2022 está marcado para acontecer no dia 2 de outubro. Um eventual segundo turno para a disputa presidencial e aos governos estaduais acontecerá no dia 30 de outubro.

Os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais.

Julgamento do registro da candidatura de Julinho deve ocorrer hoje no TSE

Deve ser recolocado na pauta da sessão virtual de hoje (16) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o julgamento da ação contra o registro da candidatura de Júlio Matos à prefeitura de São José de Ribamar.

A determinação da alta corte eleitoral é que todas as ações relativas às eleições municipais sejam julgadas até o dia 18, data na qual os eleitos serão diplomados.

Ontem, de acordo com a movimentação online do sistema do TSE, o processo havia sido incluído na pauta para a sessão de hoje. No final da tarde, foi retirada para juntada de outros documentos.

Segundo informou ao blog um advogado que acompanha o caso, a retirada é normal no processo. Mas pelo andamento, ele deve ser recolocada ainda pela manhã para ser julgado à tarde ou à noite.

Parecer

Na última sexta-feira (11), o parecer do Ministério Público Eleitoral foi pela inelegibilidade do registro do candidato.

Caso os ministros sigam o parecer, são duas possibilidades: nova eleição de prefeito ou diplomação do segundo colocado.

Em São José de Ribamar, a entrega dos diplomas ocorrerá, nesta data, sem a tradicional sessão solene, conforme edital publicado pela juíza Tereza Cristina.