Governador Carlos Brandão confirma cirurgia para retirada de cisto

O governador Carlos Brandão (PSB) deve anunciar ainda hoje (17) uma pequena pausa na sua agenda de trabalho para cuidar da saúde.

Segundo informações, o governador será submetido a uma microcirurgia a laser para a retirada de um cisto no rim. O procedimento será realizado na cidade de São Paulo.

Segundo a sua assessoria, o governador está obedecendo uma recomendação médica e Carlos Brandão não precisará se ausentar do comando do Estado. Ele deve retornar à São Luís ainda nesta semana, logo após a alta.

Secretário de Saúde garante que Maranhão tem cenário epidemiológico favorável para o São João

Em entrevista à TV Mirante, o secretário de saúde Tiago Fernandes garantiu que o Maranhão tem o cenário epidemiológico favorável para a realização do São João e que o governador Carlos Brandão abriu diálogo com as Secretarias de Saúde e Cultura para reforçar a segurança do evento.

“O controle da pandemia da Covid-19 é contínuo e nós temos um quadro favorável, uma resposta do controle de contágio, baixas internações nos nossos leitos de enfermaria de UTI e sobretudo com o avanço do processo de imunização dos maranhenses”, disse o secretário

Tiago informou ainda que a equipe de saúde do Estado do Maranhão, como a vigilância epidemiológica e vigilância sanitária, darão apoio aos brincantes e pessoas que trabalham em decorrência do evento.

“Essas esquipes vão estar disponíveis e orientando em relação à educação do manuseio de alimentos, EPIs necessários e a parte epidemiológica, sobretudo na vigilância e no controle não só da Covid-19, mas de qualquer outra enfermidade ou qualquer outra notificação que possa ocorrer em decorrência dessas festividades”, afirmou.

O secretário também informou que vai abrir diálogo com os prefeitos de municípios maranhenses onde foram registrados baixos índices de vacinação, principalmente entre os jovens.

Carlos Lula considera desastrosa a decisão sobre fim da emergência sanitária

O ex-secretário de Saúde do Maranhão e ex-secretário do Conselho Nacional de secretários de Saúde, Carlos Lula, classificou como desastrosa a decisão do Ministério da Saúde em anunciar o fim da Emergência em Saúde Pública provocada pela Covid-19.

“A revogação do estado de emergência sanitária é apenas mais uma medida do @minsaude tomada sem diálogo prévio com a sociedade, na contramão da OMS e sob evidente pressão presidencial”, disse o ex-secretário.

Carlos Lula aponta o presidente Jair Bolsonaro (PL) interferiu diretamente na decisão do órgão e tirou a oportunidade da sociedade brasileira participar da discussão.

“É a última pá de cal a tão falada coordenação interfederativa, que simplesmente inexistiu na pandemia. Estados e municípios assumiram o papel que caberia ao Ministério da Saúde. A cooperação virou conflito. O resultado todos sabemos: um desastre”, tuitou.

Novo secretário de Saúde anuncia instalação de novos serviços na rede estadual

Instalação de novos equipamentos e serviços na rede, reforço da cobertura vacinal contra a covid-19 e zerar as filas de cirurgias eletivas no Maranhão são consideradas metas prioritárias na rede da Secretaria de Estado da Saúde.

Nesta terça-feira (12), o secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, anunciou que será implantada uma Clínica da Dor, na Policlínica de Imperatriz, expansão do serviço especializado para autistas, descentralização da Farmácia Estadual de Medicamentos Especializados de São Luís e Imperatriz para Santa Inês, Bacabal e Caxias, entre outras medidas.

“Diante da ampliação da rede de serviços no Maranhão, além da criação de novos equipamentos e de serviços, vamos implantar Complexos Reguladores Assistenciais, com a estrutura de centrais de regulação de urgência, internações e de consultas e exames, reforçando o propósito de oferecer o melhor sistema de saúde público estadual aos maranhenses”, frisou o secretário Tiago Fernandes.

De acordo com o secretário Tiago Fernandes, o governador Carlos Brandão estuda a criação do Centro Especializado para Tratamento e Acompanhamento do Autismo, vinculado aos serviços dos Centro de Reabilitação da SES.

Trajetória

Tiago Fernandes exerceu o cargo de secretário Municipal de Saúde de São José de Ribamar, terceiro município mais populoso do Maranhão, entre 2017 e 2020. No ano seguinte, assumiu a gestão da Secretaria Adjunta de Articulação Institucional da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES/MA).

Governador Carlos Brandão divulga vídeo sobre alguns dos seus projetos para a rede de saúde

O Governador Carlos Brandão divulgou em suas redes sociais um vídeo gravado durante a sua cerimônia de posse no último sábado (02) em que anuncia alguns dos seus projetos para a rede estadual de saúde.

“Na rede de saúde quero zerar a fila das cirurgias eletivas, fazer jornadas noturnas nos centros cirúrgicos e credenciar hospitais particulares para acelerar o atendimento”, disse Brandão.

Após sete anos de governo Flávio Dino, Brandão tem reafirmado o compromisso de continuar o bom trabalho realizado em prol do estado e já declarou que uma de suas prioridades será a ampliação e o avanço na saúde dos maranhenses.

“Não tínhamos rede de UTI, não tínhamos hemodiálise, não tínhamos policlínicas, hospitais macrorregionais, tantos outros avanços. Hoje temos! E o mais importante: temos estrutura e projetos para avançar ainda mais”, destacou Brandão.

“A gente fez muito pela saúde do povo do maranhense”, diz Carlos Lula na despedida da Secretaria da Saúde

Ao se despedir do comando da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula se comprometeu em continuar a luta em prol da defesa do SUS. Durante a sua gestão foram mais de 100 obras e serviços de saúde entregues.

No comando da pasta desde 2016, Carlos Lula, de 40 anos, reergueu a saúde no estado, construiu a maior rede de saúde da história do Maranhão e instalou serviços em todas as 19 Regiões de Saúde do estado. “A gente fez muito pela saúde do povo do maranhense”, disse Lula.

Carlos Lula entrou para história como primeiro maranhense a presidir o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), tendo sido eleito presidente durante a pandemia da Covid-19 e ocupado o cargo entre junho de 2020 e março de 2022.

Advogado, bacharel em Direito pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Carlos Lula é Consultor Legislativo de carreira e professor universitário. Pós-graduado em Direito Processual Civil e Direito Constitucional, possui MBA em gestão empresarial e mestrado em Gestão de Saúde Pública.

Uma das suas últimas ações como secretário de Saúde, foi a inauguração nesta sexta-feira (01) da Galeria de Secretários de Estado do Maranhão, um resgate histórico dos gestores titulares da pasta dos últimos 75 anos.

Pandemia: Carlos Lula lança livro que conta histórias não contadas antes 

 

Carlos Lula, secretário de Estado da Saúde do Maranhão e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), um dos nomes de maior destaque no enfrentamento da pandemia, oferece ao público um novo livro: Inumeráveis – A história da pandemia que ninguém contou. O lançamento da coletânea com mais de 70 artigos publicados pelo gestor será no próximo 28 de março, às 18h, na Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), em São Luís.

Defensor do Sistema Único de Saúde (SUS), Carlos Lula lançou, em 2018, o livro ‘O SUS (s)em nós’, com a primeira coletânea de artigos sobre os desafios enfrentados para gerir o sistema público estadual de saúde e os resultados alcançados em sua gestão. Na época, a arrecadação com a venda do livro foi doada.

Trajetória

Carlos Lula é advogado e servidor de carreira da Assembleia Legislativa do Maranhão. Desde abril de 2016, Lula assumiu a gestão da SES/MA e, durante a pandemia da Covid-19, ganhou destaque nacional ao assumir a presidência do Conass e manter o estado do Maranhão com a menor taxa de mortalidade provocada pelo vírus.

Após fazer exames na emergência do São Domingos, Flávio Dino tranquiliza a população

Após dar entrada na emergência do hospital São Domingos, para uma bateria de exames, o governador Flávio Dino (PSB) tentou tranquilizar a população do Maranhão com relação aos seu estado de saúde.

Dino testou positivo para a Covid-19.

“Agradeço muito as mensagens fraternas acerca do meu diagnóstico de Covid, assim como as orações pela minha saúde. Sigo em bom estado, quase sem sintomas e com exames niormais quanto ao pulmão. Despachos seguem em casa, até que eu tenha liberação médica”.

Carlos Lula é mais uma vez indicado no troféu Itaqui-Bacanga em duas categorias

Destaque nacional no combate à pandemia da Covid-19, o secretário de Estado da Saúde do Maranhão e atual presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Lula, é novamente um dos indicados na 20ª edição do Troféu Itaqui-Bacanga, premiação que vai homenagear personalidades, empresários, políticos, líderes comunitários e religiosos que mais se destacaram em suas respectivas áreas de atuação neste ano de 2021.

No ano passado, durante a 19ª edição do Troféu Itaqui-Bacanga, Carlos Lula ganhou o prêmio na Categoria Melhor Gestor Público. E neste ano, o secretário concorre em duas categorias: Personalidade do Ano e Secretários de Estado e Municípios.

Reconhecimento merecido para quem revolucionou a saúde no Maranhão e é considerado por especialistas como um dos protagonistas no combate à pandemia da Covid-19 em todo o país no comando do Conass.

O evento faz parte do calendário do Jornal Itaqui-Bacanga há 20 anos. Para votar no seretários Carlos Lula, acesse aqui.

 

São José de Ribamar recebe ação da Secretaria de Estado da Saúde realizada em parceria com EMSERH

O município de São José de Ribamar foi o destino escolhido para a realização da 6ª edição do Programa Saúde na Praça, realizada na última sexta-feira (15), desta vez, com foco no Outubro Rosa.

A ação vem sendo promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), com o objetivo de aproximar os serviços públicos de saúde da população. Em São José de Ribamar, as atividades aconteceram das 8h às 16h, na Escola CAIC do município.

“O Saúde na Praça visa garantir aos cidadãos maranhenses o acesso à saúde pública, oferecendo serviços como exames, consultas médicas, palestras educativas, promoção de saúde e aplicação de vacinas em parceria com os municípios. A ação desta sexta-feira atende especificamente a São José de Ribamar, mas acaba refletindo positivamente nos indicadores de saúde do estado”, explicou o secretário adjunto de Articulação Política da SES, Tiago Fernandes.

Durante a ação, foram disponibilizados atendimentos como preventivo (papanicolau), consulta com mastologista, ambulatório cirúrgico (clínica cirúrgica, urologia e mastologia), mamografia, aferição de pressão e glicemia, testes rápidos (HIV/Aids, Hepatites e sífilis), vacinas do calendário atual, atendimento psicológico e educação em saúde bucal, com aplicação de flúor.

A ação é fruto da parceria entre Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH) e foi a primeira fora da capital São Luís, mas ainda na Grande Ilha. O programa deve ser expandido para municípios no interior do estado.

“Sabemos que a nossa rede pública de saúde ficou por mais de três semestres voltada quase que exclusivamente para o atendimento do paciente com a Covid-19. Neste segundo semestre, nós temos investido em ações para atender a demanda em diversas especialidades médicas, e o Saúde na Praça é uma dessas ações, que faz com que serviços públicos de saúde se aproximem das pessoas, principalmente daquelas que mais precisam, que têm mais dificuldades”, frisou o presidente da EMSERH, Marcos Grande.