Secretário diz já existir planejamento para a segurança das eleições

Em entrevista, o secretário de Segurança Pública, Coronel Silvio Leite, assegurou que já existe um planejamento envolvendo a Polícia Civil e Militar para a segurança durante as eleições de 2022.

O Coronel destacou que no ano eleitoral aumenta o número de assaltos aos bancos e agências bancárias no Maranhão. Ainda segundo o coronel, dados já coletados pelo serviço de inteligência estão sendo fundamentais para o mapeamento das regiões mais afetadas, a fim de evitar as ações criminosas.

O secretário afirmou ainda que já existe um planejamento para a distribuição de policiais pelo estado e ressaltou que o policiais que estiverem muito envolvidos com questões políticas serão deslocados para outros municípios, para que seja garantida a imparcialidade do pleito.

Silvio Leite ainda comentou que preza pelo exercício da cidadania com liberdade e garantiu que o serviço de segurança estará presente nas eleições evitando qualquer tipo de corrupção.

“Não vamos permitir em hipótese alguma compra de voto, boca de urna, não vamos. O sistema de segurança estará presente para que possamos garantir uma eleição tranquila, onde o eleitor possa ter a liberdade de sair de casa, efetuar seu voto com muita tranquilidade e escolher os seus futuros representantes”, disse o secretário.

Errata: Vídeo de Jéfferson Portela do post anterior não é atual

Em respeito aos leitores e com foco na responsabilidade das informações aqui publicadas, o blog faz questão de corrigir postagem anterior sobre vídeo do ex-secretário de Segurança Pública do Estado, Jéfferson Portela (reveja aqui).

O vídeo foi publicado em setembro do ano passado no perfil “Perícia Oficial MA”.

Assumimos o erro na checagem da informação respassada ao jornalista responsável pelo blog, mas após rechecagem de todo o texto publicado, mantemos as demais informações.

Abaixo o print da publicação do vídeo à época:

Jefferson Portela ainda fala em nome do Sistema de Segurança e usa estrutura da Secretaria

Apesar de deixar o comando da Secretaria de Segurança Pública (SSP), desde o início de fevereiro, o ex-secretário Jefferson Portela estaria utilizando a estrutura da pasta para fazer pré-campanha.

Sempre acompanhando de policiais para sua segurança, Portela costuma fazer suas reuniões em um edifício no Renascença. Até aí nada de absurdo uma vez que o secretário ocupou cargo de alto risco.

Porém, alguns comportamentos podem dar margem para interpretações duvidosas.

Na última quinta-feira (10), por exemplo, teria utilizado a Sala da Perícia da SSP para gravar um vídeo no qual milita sobre direitos dos peritos através de Proposta de Emenda Constitucional (PEC).

“Aqui, em nome do Sistema de Segurança do Estado do Maranhão, nós declaramos o nosso apoio para inclusão da PEC da paridade e integralidade para a perícia brasileira”, afirmou ele na gravação ao lado do perito geral, Miguel Alves, e do perito-chefe da perícia do interior, Perito Sampaio.

Como assim em nome do Sistema de Segurança? Ele ainda é secretário?

Flávio Dino anuncia delegado Leonardo Diniz como novo Secretário de Segurança

O governador Flávio Dino (PSB) anunciou a pouco o nome do delagado Leonardo Diniz como o novo secretário de Segurança do Estado em substituição a Jefferson Portela.

Diniz já havia assumido inteirinamente o comando da pasta em outros momentos, durante férias de Jefferson.

Aliado de primeira hora do ex-secretário, Diniz foi delegado-geral por dois anos e ultimamente ocupava uma secretaria adjunta.

Em Governador Nunes Freire, Carlos Brandão inaugura penitenciária regional

O vice-governador Carlos Brandão esteve no município de Governador Nunes Freire, nesta quarta-feira (16), inaugurando mais uma obra de infraestrutura do Governo do Maranhão. O município ganha reforço na área de segurança pública, com a inauguração da Penitenciária Regional. A unidade tem como característica uma estrutura moderna, com elementos de tecnologia e totalmente equipada. A inauguração se soma ao trabalho do governo estadual na reestruturação do sistema penitenciário do Maranhão.

“O Maranhão dá um exemplo ao Brasil com esta unidade prisional. Antes eram cerca de 30 unidades prisionais, em péssimas condições. Em 2014, uma rebelião em Pedrinhas acabou com 60 internos degolados. Isso agora é coisa do passado. De lá para cá, todas as nossas unidades prisionais têm sido um exemplo para o Brasil e estamos felizes em estarmos inaugurando mais uma unidade”, pontuou o vice-governador Carlos Brandão.

A Penitenciária Regional de Governador Nunes Freire se destaca por se tratar de um pioneirismo no Maranhão. São mais 306 vagas abertas no sistema e todos os internos estarão inseridos no trabalho e no estudo. Com esta inauguração, somam 52 unidades entregues na gestão do governador Flávio Dino. Paralelamente, mais oportunidades de ressocialização foram disponibilizadas aos internos do sistema prisional.

“É com muita alegria que estamos aqui hoje, inaugurando essa unidade. Não só por ser mais uma unidade no Estado, mas esta, por ser um projeto piloto no Maranhão, que chega com 100% dos internos trabalhando e estudando. Será um modelo não só para o Maranhão, mas para o Brasil e vai nos possibilitar fazer um trabalho ainda melhor no sistema penitenciário maranhense”, frisou o secretário de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), Murilo Andrade.

Estiveram presentes no evento, o secretário de Estado de Articulação Política, Rubens Junior; o prefeito de Governador Nunes Freire, Josimar Oliveira; e demais autoridades do município.