Transparência! MP divulga para a sociedade desde o recebimento de denúncia

O procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, recebeu, na manhã da última quinta-feira, 30, a visita do deputado estadual Adelmo de Andrade Soares.

A visita teve como objetivo denúncia sobre situação envolvendo a merenda escolar no município de Caxias.

De forma transparente, e ao contrário de muitos órgãos, o site do órgão registrou prontamente o ato.

Segundo o deputado, o Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do município (Sintraf) flagrou um galpão onde estavam acondicionados muitos itens de merenda escolar já vencidos. “Viemos trazer essa denúncia ao procurador-geral de justiça para tentar solucionar essa situação absurda”, destacou o parlamentar.

Eduardo Nicolau afirmou que encaminhará a denúncia aos promotores de justiça da Comarca para que haja uma rigorosa apuração do caso.

Alô, MP! Senador do Maranhão faz mega campanha na TV, rádio e internet e não presta contas de um centavo sequer

Basta uma visita rápida ao site do Senado, especialmente na página do senador Weverton Rocha (PDT-MA), para se ter suspeitas de crimes envolvendo transparência logo na primeira tela.

Desde o ano passado, o Maranhão inteiro acompanha uma mega campanha publicitária da atuação do senador maranhense na TV, rádio, internet e outras mídias como busdoor e outdoor. Isso sem falar da campanha eleitoral iniciada pelo pedetista, já investigada, no entanto, pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

Na campanha da TV, o que chama mais a atenção são as inserções no “Fantástico”, programa de maior audiência e repercussão política da Rede Globo, exibido aos domingos.

De acordo com informações de agências de publicidade, uma inserção neste horário não sai por menos de R$ 50.000 cada. Outdoors com a propaganda do senador estão espalhados em praticamente todos os municípios maranhenses.

Em que pese o conteúdo inócuo da propaganda – quase sempre uma lei aprovada no Senado que adia por um dia ou dois o corte de energia elétrica de inadimplentes -, esse não é o maior problema. Os últimos meses do ano já estão despontando e o campo para prestação de contas com esses gastos seguem zerados (veja no print abaixo).

Em 2020, o senador não prestou contas de nenhum centavos em gasto com publicidade. Apenas em 2019, o pedetista diz ter se utilizado de R$ 1.000,00 em propaganda.

É sem dúvida o prato cheio para uma ação do Ministério Público, que deve acompanhar todas essas propagandas mas segue inerte e em silencioso com esse escandaloso descumprimento da Lei de Transparência.

Alô, alô MP! Prefeitura de Ribamar desaparece com dados da Covid-19

Quem acessou o Instagram da Prefeitura pela manhã só encontrou a propaganda da nova logo que lembra a marca da antiga Telemar

Em sete dias de gestão, se quiser trabalhar, o Ministério Público (MP) já pode em São José de Ribamar.

De decretos absurdamente zerados (coisa que só acontecia em prefeituras pequenas e distantes dos olhos do MP) a sumiço de Diários, só no campo da falta de transparência, os indícios de improbidade administrativa já são diversos.

Mas se não bastassem essas incorreções burocráticas, porém, não menos graves, quem acessou ontem pela manhã o perfil oficial da Prefeitura no Instagram se deparou com um descalabro que certamente vai dar panos para as mangas: o sumiço dos dados municipais da Covid-19.

Além de interromper sua divulgação, a atual gestão sumiu com todos os boletins do Instagram, que vinham sendo publicados rigorosamente desde que a Promotoria de Saúde do Município exigiu a publicidade diária desses números.

Na verdade, não só os dados da Covid-19 tomaram chá de sumiço como todas as demais postagens, algo inédito já que nem em 2017 as publicações da gestão anterior foram excluídas, do Instagram e nem dos demais canais oficiais de comunicação.

Uma ação medíocre e lamentável que tira do cidadão, da imprensa e do próprio Ministério Público o direito de acessar as pertinentes informações.

Alô, MP! No primeiro dia de gestão, ribamarenses ficam sem acesso aos diários do município

No primeiro dia útil da gestão do prefeito Julinho de Maranhãozinho (PL), os Diários ficaram inacessíveis no site da Prefeitura de São José de Ribamar. O blog entrou em contato com o chefe da Assessoria de Comunicação, Flávio Chocolate, mas não obteve resposta.

Só no final da tarde, os diários voltaram a aparecer.

A falta de acesso às publicações, incide diretamente no índice de transparência da gestão.

O blog aguarda uma justificativa para o problema.