“Ou tu é quente ou tu é frio, se tu for morno eu te expulso da minha boca”, profetiza Lahesio Bonfim para Roberto Rocha

Em entrevista à rádio Maracu FM, o pré-candidato ao governo do Maranhão, Lahesio Bonfim (PSC), citou trechos da bíblia para criticar a postura do senador Roberto Rocha (PTB) que não definiu um candidato único ao Governo do Maranhão.

“O senador precisa decidir em que lado ele vai estar, não adianta. A palavra de Deus ela é nua e crua, ou tu é quente ou tu é frio, se tu for morno eu te expulso da minha boca. Lá em Imperatriz ele tava levantando a mão do Lahesio, ontem em Humberto de Campos ele tava levantando a mão de Weverton Rocha. Ninguém consegue servir a dois senhores”, profetizou.

Lahesio ainda pediu que Roberto Rocha tome um norte na sua vida política e apoie a sua pré-candidatura.

“Nós estendemos a mão pro senador e esperamos que o senador seja um coligado à bandeira do Lahesio”, afirmou.

Antes chamado de traidor, Roberto Rocha agora é abraçado pelo também traíra Weverton Rocha

O senador Weverton Rocha (PDT) vai encurtando os seus laços com a família Bolsonaro. Na última semana o neo-bolsonarista afirmou que está disposto a aceitar “essas novas forças políticas” na pretensão de se tornar o candidato oficial do presidente Jair Bolsonaro (PL), no Maranhão.

Diante das circunstâncias, Lahesio Bonfim (PSC) deve sofrer mais um golpe, se colocando como massa de manobra da suposta “frente ampla” proposta pelo senador Roberto Rocha (PTB) para a disputa eleitoral de 2022.

Mas os rebuliços não acabam por aí. Em um verdadeiro jogo de poder e enganação da direita maranhense, Weverton Rocha já mostrou que pode afiar suas garras para o senador Roberto Rocha e por desconhecer os princípios da gratidão e lealdade partir para cima do seu novo aliado.

Analistas da política maranhense avaliam que nos próximos dias Weverton Rocha deve declarar que a sua frente-ampla bolsonarista terá como capitão o próprio Jair Messias Bolsonaro (PL).

Maior parte do público do evento de Weverton em Ribamar vive pedindo emprego no Estado

Na noite de ontem (08), o senador Weverton Rocha (PDT) realizou a caravana “Maranhão Mais Feliz” no município de São José de Ribamar.

O evento contou com um número significativo de pessoas, no entanto, um fato chamou bastante atenção dos analistas da política maranhense.

Durante a circulação de imagens do encontro nas redes sociais, foi observado que a maioria das pessoas presentes na caravana é a “militância” que vive pedindo emprego no Estado e funcionários da Prefeitura Municipal de São José de Ribamar que, insatisfeitos com seus rendimentos, querem migrar para o Governo.

Ao que tudo indica, o público de São José de Ribamar que está fechado com “Meu Preto” também está colocando seus interesses pessoais acima dos interesses do Maranhão.

União PT-PSB leva Weverton Rocha a se assumir cada vez mais bolsonarista

A aliança entre o PT e o PSB estimulou o senador Weverton Rocha (PDT) a se aproximar, cada vez mais, do “bolsonarismo”.

Em busca de um projeto pessoal, Weverton acabou ficando isolado na política maranhense. Perdeu alguns amigos e aliados e se submeteu ao coleguismo de antigos rivais, como o do senador Roberto Rocha (PTB).

Com a confirmação do apoio do PT à reeleição do governador Carlos Brandão (PSB), o senador não vê outra saída a não ser se assumir de vez como um bolsonarista.

Os passos já foram dados. No sábado, Weverton caminhou de mãos dadas (literalmente) com o deputado federal Júnior Lourenço (PL), bolsonarista e uma das figuras mais controvertidas da bancada maranhense no Congresso Nacional.

O ato foi visto como uma declaração pública de rompimento com Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e apoio a Jair Messias Bolsonaro (PL).

Cadê o povo? Weverton Rocha faz evento com mais cadeira do que gente

O senador Weverton Rocha (PDT) montou uma megaestrutura para a realização de um evento de apoio à sua pré-candidatura ao Governo do Estado, no bairro Vila Embratel, na área Itaqui-Bacanga.

O evento contou com um número insignificante de pessoas, muito abaixo do que Meu Preto esperava. Nas suas redes sociais, o senador ainda tentou manipular as imagens para passar a ideia de que o evento estava lotado, no entanto, o blog do Matias Marinho recebeu imagens em que mostram o evento completamente vazio.

E o foguete segue dando ré…

 

Weverton Rocha comemora adesão de político sem expressão à sua campanha

Abandonado e cada vez mais desesperado, o senador Weverton Rocha (PDT) tenta chamar atenção do eleitorado maranhense a qualquer custo.

Ontem (02), o senador comemorou bastante o apoio do segundo suplente de vereador Ivaldo Rodrigues, que nas eleições passadas conseguiu 4.629 votos, ficando atrás do primeiro suplente Pavão Filho.

Ivaldo Rodrigues é um personagem sem expressão na política maranhense, mas que foi recebido por Weverton como um grande troféu para a sua campanha.

Inexpressivo, Hélio Soares é indicado para vice de Weverton, cargo que o senador considera figurativo

Ao declarar que o inexpressivo Hélio Soares (70 anos) será o pré-candidato a vice-governador na chapa do senador Weverton Rocha (PDT), o deputado federal Josimar Maranhãozinho confirma que não acredita que o pedetista sairá vencedor das eleições para o Governo do Estado em 2022.

O anúncio de Hélio Soares como vice de Weverton foi realizado ontem (30), durante a Live de Maranhãozinho.

A escolha de Hélio nada mais é que o livramento de um problema, já que dificilmente o parlamentar conseguiria ser reeleito para a Assembleia Legislativa do Maranhão nas eleições de 2022.

Ao desacreditar da campanha de Weverton, o deputado federal preservou a imagem da esposa Detinha e da sobrinha Fabiana Vilar não indicando a sua “base forte” para uma campanha duvidosa.

Vale ressaltar que o senador Weverton Rocha já declarou que considera o cargo de vice como figurativo dentro da base de uma gestão pública, papel que até pode agradar o experiente Hélio Soares, mas que Josimar não colocaria em seus familiares.

“É um político que não tem pudor com o dinheiro público”, dispara Lahesio sobre Weverton

O pré-candidato ao governo do Maranhão, Lahesio Bonfim (PSC), partiu pra cima do senador Weverton Rocha (PDT) durante entrevista cedida ao Jornal Pequeno no final de semana.

Lahesio afirmou que Weverton é um político sem pudor com dinheiro público e que esse seria apenas um dos motivos para Flávio Dino (PSB) não apoiar a sua candidatura ao governo.

“É um político que não tem pudor com dinheiro público, e por isso o Flávio não o escolheu. Esse meu adversário é capaz de tudo; não tem pudor nenhum; acha-se no direito de massacrar, de perseguir, de fazer qualquer jogo sujo”, disse Bonfim.

Para o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, o senador usará de todas as artimanhas para trapacear e ganhar as eleições de qualquer jeito.

“Ele é daqueles que se vale do vale-tudo na política, na tentativa de ganhar de qualquer jeito e a qualquer custo”, concluiu Bonfim.

Josimar Maranhãozinho e Weverton Rocha simulam falsa disputa pela vaga de vice-governador

Dissimulado, o senador Weverton Rocha (PDT) tenta criar uma falsa disputa pela vaga de vice-governador em sua chapa para o pleito de 2022.

Para a simulação, o senador contou com ajuda do presidente estadual do PL e deputado federal, Josimar Maranhãozinho, e juntos os parlamentares começaram a plantar nomes de interessados nas vagas de vice-governador.

Até o PL, partido de Bolsonaro, declarar apoio à pré-candidatura de Weverton Rocha não se via falar de nomes interessados na vaga de vice. Tão logo o anúncio, surgiram os nomes do deputado estadual Hélio Soares (PL) e do empresário Mauro Hidrale.

Simplício Araújo volta a alfinetar o bolsonarista Weverton Rocha

O pré-candidato ao Governo do Maranhão, Simplício Araújo (Solidariedade), voltou a alfinetar o senador Weverton Rocha (PDT).

Simplício usou as suas redes sociais para questionar se a união da frente partidária bolsonarista no Maranhão é garantia de vitória nas eleições para o Governo do Estado.

“Perguntar não ofende, e se todos os partidos ligados a Bolsonaro se unirem no Maranhão, isso determina quem ganha a eleição pra governador? Política é matemática? A eleição majoritária é decidida pela classe política ou pele povo? Qual sua opinião?”, questionou Simplício Araújo.

Na noite de ontem (24), o deputado Josimar Maranhãozinho (PL) anunciou que o partido do presidente Jair Bolsonaro (PL) vai apoiar a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT).

A decisão já era esperada pela classe política maranhense, tendo em vista que Weverton Rocha é amigo íntimo da família Bolsonaro e bolsonarista declarado em Brasília.